Posso doar sangue após retornar de uma viagem?

Posso doar sangue após retornar de uma viagem?

Posso doar sangue após retornar de uma viagem?

Você certamente gosta de viajar e doa sangue frequentemente (se não, cadastre-se AQUI), não é? Mas você sabia que dependendo do seu destino, você pode ficar impossibilitado de doar por até um ano? Para tirar dúvidas e responder à pergunta central deste post (Posso doar sangue após retornar de uma viagem?), criamos esse pequeno texto. Logo abaixo você confere uma lista de destinos e quanto tempo você precisa ficar sem doar após visitá-los. Além disso, há uma breve explicação do porquê há o impedimento da doação nestes casos.

Mas antes de continuar, é importante lembrar que essas medidas não são impostas porque os funcionários dos hemocentros são “chatos”. Elas fazem parte de um processo conhecido por Segurança Transfusional. Ele garante que tanto o doador quanto quem recebe o sangue doado não correm nenhum risco durante e depois da doação e da transfusão.

 

Destinos que impedem a doação

 

Locais afetados pela malária: 12 meses

Países da América Latina, África e Ásia. Além disso, estão nessa lista os estados da região Norte do Brasil, além de Mato Grosso e Maranhão. Como esse período de impedimento é bastante longo, os triagistas podem liberar a doação em alguns casos emergenciais, mas para isso serão realizados exames específicos.

 

Locais afetados por surtos de febre amarela: 30 dias

Todo o mundo, incluindo Brasil. E para início de conversa, é importante estar atento (a) às suas vacinas. Essa medida vale especialmente para os períodos em que estes surtos estão se manifestando.

 

Estados Unidos: 30 dias

Essa medida não é aplicada em alguns casos, mas depende da não constatação de surtos de doenças e parasitas nos EUA. Peça mais informações ao triagista

 

Europa: impedimento definitivo para quem morou lá por cinco anos ou mais a partir de 1980

Você já ouviu falar da Doença de Creutzfeldt-Jakob? Bem, ela é super rara, e afeta uma em cada um milhão de pessoas no mundo, mas esse número é maior na Europa. Em 1996, pesquisadores britânicos descobriram uma nova variante da doença transmitida pelo consumo de carne de bovinos contaminados pela chamada Doença da “Vaca Louca”. Como nunca foi totalmente erradicada, quem morou por pelo menos cinco anos consecutivos ou intermitentes após 1980, está impedido permanentemente de doar sangue.

 

Mesmo que você queira muito doar sangue, é importante não mentir na hora da entrevista da triagem. Caso contrário, você pode estar colocando a si e a outras pessoas em risco.

 

Fonte: Governo do Estado de São Paulo. Você sabia que uma viagem pode ser um impedimento para doar sangue? Acesso em 02 de mai. 2018. Disponível em <http://www.saopaulo.sp.gov.br>.

Comments

comments