Quais os componentes do sangue coletado em uma doação?

Quais os componentes do sangue coletado em uma doação

Quais os componentes do sangue coletado em uma doação?

Uma doação de sangue é um processo extremamente complexo e delicado. E ela vai muito além da avaliação de requisitos e impedimentos e da coleta do sangue em si. Existe uma série de procedimentos muito importantes realizados durante e logo após a doação. Uma das etapas mais importantes é a separação dos componentes do sangue coletado, para que ele seja aproveitado ao máximo. Mas, afinal, você sabe quais os componentes do sangue coletado em uma doação?

 

Quais os componentes do sangue coletado em uma doação e para que servem

O sangue é composto, basicamente, por plasma, plaquetas, leucócitos, hemácias e fatores de coagulação. Destes, são os quatro primeiros que mais interessam em uma doação de sangue. Para saber um pouco mais sobre eles, dê uma olhada abaixo, e descubra quais os componentes do sangue coletado em uma doação.

Plasma: Representa aproximadamente 55% do volume total do sangue. Depois de separado tem aparência amarelada, e é formado por água (90%), além de proteínas, açúcares e sais minerais. É utilizado na fabricação de hemoderivados e em tratamentos para problemas de coagulação.

Plaquetas: São células de vida curta que desempenham papel fundamental no processo de coagulação. Por isso mesmo, são utilizadas para auxiliar o estancamento de sangramentos.

Leucócitos: São os famosos “glóbulos brancos”. Estas células também possuem período de vida curto, e atuam agindo contra corpos estranhos no organismo, como vírus e bactérias. Sua ação é fundamental para que doenças simples e de tratamento rápido, como gripes sazonais, não se tornem fatais.

Hemácias: São os “glóbulos vermelhos”. É um dos componentes mais abundantes, junto com o plasma, e tem período de vida longo (cerca de 120 dias no organismo). Sua principal função é o transporte de oxigênio do pulmão para todas as células do corpo. Também atua removendo o gás carbônico de outras células.

 

Sempre lembramos que qualquer dúvida pode e deve ser levada aos triagistas. E não se esqueça de se cadastrar no Hemotify para nos ajudar a salvar mais vidas!

 

FONTE: HEMOMINAS. Componentes e tipos sanguíneos. Disponível em <http://www.hemominas.mg.gov.br>. Acesso em 17 de mai. 2018.

Comments

comments