Doação de sangue: requisitos e impedimentos

Doação de sangue: requisitos e impedimentos

O número de doadores de sangue aumentou consideravelmente nos últimos 20 anos no Brasil, embora ainda esteja longe de ser ideal – a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que pelo menos 5%* da população de um país deva ser constituída por pessoas que realizem doação de sangue regularmente, enquanto que entre os brasileiros este número seja de apenas 1,8%*.

Mas ao contrário do que muita gente deve imaginar, o medo de agulhas por parte de possíveis doadores não é o único empecilho enfrentado pelos hemocentros para conseguir aumentar a captação de sangue. Um dos problemas centrais é a falta de informação por parte da população. O ponto nevrálgico, neste caso, não é saber onde se localiza o hemocentro mais próximo e se há necessidade de um tipo específico de sangue em dado momento; campanhas de arrecadação e, agora, o Hemotify, dão conta disso. Muitas pessoas deixam de doar por não saber se estão enquadradas nos requisitos básicos para a doação, e costumam ter vergonha de perguntar sobre as restrições.

Pensando nisso, e considerando que nosso compromisso vai além de conectar doadores a hemocentros, listamos abaixo os requisitos básicos para a doação e os fatores de impedimento temporários para doação.

 

Requisitos para a doação de sangue:

  • ter menos de 70 anos de idade completos;
  • ter realizado a primeira doação antes dos 60 anos de idade;
  • ter peso igual ou superior a 50 kg;
  • estar bem alimentado (evite consumir alimentos muito gordurosos a partir de, pelo menos, três horas antes de realizar a doação; caso deseja doar após o almoço, espere pelo menos duas horas após a refeição);
  • estar em boas condições de saúde;
  • não ingerir bebidas álcoolicas nas 12 horas que antecedem a doação;
  • dormir pelo menos seis horas nas 24h que antecedem a doação.

 

Impedimentos temporários para a doação de sangue:

  • quem estiver gripado, resfriado ou com febre devem esperar pelo menos até o sétimo dia após o desaparecimento dos sintomas;
  • estar em período gestacional;
  • estar em período gestacional (quem deu a luz deve esperar 90 dias até a próxima doação para casos de parto normal, e 180 dias para cesariana);
  • estar amamentando;
  • ter feito tatuagens ou colocação de piercings até seis meses antes da data da doação;
  • ter tido muitos/muitas parceiros/parceiras sexuais em um período de 12 meses.

 

Para maiores dúvidas, entre em contato com o hemocentro mais próximo.

 

*Os dados são de 2017.

Fonte: GOVERNO DO BRASIL. Confira os requisitos básicos para doar sangue. Disponível em <http://www.brasil.gov.br>. Acesso em 16 de dez. 2017.

Comments

comments